Sondagem Industrial do Estado de São Paulo

Após registrar queda por mais de um ano, empregos industriais retornam a patamar estável no início de 2024

Agência Indusnet Fiesp

Na Sondagem Industrial realizada pela Fiesp, em parceria com a CNI, a percepção dos  empresários industriais paulistas sobre o mês de janeiro de 2024 foi de queda do volume produzido pelo  setor, ao registrar 46,4 pontos. Apesar do leve aumento de 0,4 ponto se comparado a janeiro de 2023 (46,0  pontos) e a alta de 6,3 pontos em relação ao mês de dezembro de 2023 (40,1 pontos) o resultado da leitura  atual permanece abaixo dos 50,0 pontos e manteve o indicativo de pessimismo. 

Em janeiro, a Utilização da Capacidade Instalada (UCI) registrou o mesmo patamar do mês de  dezembro de 2023, com 68%. O resultado é superior se comparado ao mesmo período no último ano,  quando registrou 65%. 

O indicador de número de empregados encerrou janeiro em 50,1 pontos, resultado 2,9 pontos superior a dezembro (47,2 pontos). O dado, próximo a linha divisória, indica a estabilidade do emprego no  período. O valor apurado neste mês quebra a marca negativa de 13 meses consecutivos do indicador abaixo  dos 50,0 pontos. 

Evolução do número de empregados 

0 a 100 pontos* 

A evolução dos estoques acima do desejável no mês de dezembro (52,2 pontos) deu espaço para
a percepção de estoques abaixo do desejado em janeiro (47,9 pontos).

Pesquisar
Veja também:
Regulamentação da reforma tributária deverá ser enviada na próxima seman...
Igualdade salarial entre homens e mulheres
Fiesp debate se reforma trabalhista também se aplica a contratos anterio...
Wickbold e integrantes do Mulheres em Movimento colaboram com o Programa...