Como as empresas se preparam para atender às diferentes gerações?

Marcas estão buscando adaptar seus valores e propósitos visando a diversidade geracional.

No cenário empresarial contemporâneo, se adequar às diferentes gerações que compõem a força de trabalho e o público consumidor é fundamental. À medida que os Baby Boomers, a Geração X, os Millennials e a Geração Z coexistem no ambiente profissional e no mercado, fica evidente que seus desejos, valores e propósitos variam significativamente. Nesse contexto, as organizações estão adotando estratégias inovadoras para garantir que suas práticas estejam alinhadas com as expectativas de cada grupo.

A era da personalização

A diversidade geracional não é apenas uma questão de idade, mas também de valores e objetivos. Enquanto os Baby Boomers são do tipo que “vestem a camisa”, priorizando a estabilidade e a lealdade à empresa, os Millennialsvalorizam a flexibilidade na jornada de trabalho e a busca por propósito em suas carreiras. Por outro lado, a Geração Z tende a ser mais orientada para a tecnologia e focada na criatividade.

“As experiências vividas em cada uma dessas gerações impactam diretamente o seu comportamento social, incluindo sua relação com as compras. Os Baby Boomers e Geração X têm uma relação mais forte com o trabalho e a cultura do planejamento para as conquistas no longo prazo por terem passado por períodos de escassez e dificuldade. São pessoas que fazem análises e estudos mais detalhados sobre os produtos que consomem, além de ter uma fidelização muito maior com as marcas. Os Millennials já são mais abertos a novas experiências, dão mais chances a novos produtos e estratégias. Por terem nascido em um mundo já imerso em tecnologia, a geração Z tem o meio digital como ferramenta principal em todas as suas decisões, e até mesmo como parte do relacionamento social”, esclarece Sabrina Pinho, diretora de marketing do Hinode Group.

Para enfrentar esse desafio de alinhamento, muitas empresas estão adotando abordagens personalizadas para atrair, reter e engajar talentos de diferentes faixas etárias. Essas abordagens incluem desde programas de capacitação específicos até esforços para criar um ambiente de trabalho inclusivo, onde cada geração possa se sentir valorizada. De acordo com Sabrina Pinho, cada geração tem um perfil de consumo e necessidade diferente, e é preciso entender esses dados para criar estratégias mais assertivas e uma comunicação efetiva.

“Estar presente em diferentes canais, oferecer agilidade na hora da compra e entrega e transparência são premissas básicas para atender a essas necessidades. Como marca de venda direta, investimos muito na digitalização e ferramentas para nossos consultores estarem mais próximos e ampliarem sua rede de clientes, como catálogo digital, loja virtual e também o catálogo físico. Também temos um e-commerce, onde o consumidor pode comprar mesmo que não conheça um consultor. A cada venda no e-commerce, por meio de geolocalização, beneficiamos um consultor com comissão da venda”, explica.

Estratégias de adaptação vão de regimes de trabalho a investimento em tecnologia

Algumas organizações estão implementando programas de mentoria que unem diferentes gerações, o que permite a troca de conhecimentos e experiências, além de promover uma maior compreensão mútua. Empresas também têm explorado a possibilidade de horários flexíveis, trabalho remoto e outros formatos que correspondam às necessidades das diferentes gerações. Essa flexibilidade não apenas promove o equilíbrio entre vida profissional e pessoal, mas também demonstra respeito pela individualidade – algo muito valorizado pelas gerações mais novas.

“Os desafios estão em entender o que cada geração anseia, seja no formato do produto, seja na forma de vender e na entrega. Independente da geração, hoje o cliente está empoderado, sabe como exigir o que deseja e só faz uma compra caso se identifique com a marca. Na Hinode, fizemos o rebranding da marca de vida saudável HND. Com o slogan ‘Desperte sua versão mais saudável’, o projeto incorpora os traços essenciais de uma marca solar, simples, generosa e plural, que celebra as diferenças e está alinhada com o público jovem e contemporâneo”, pontua a especialista.

A tecnologia também tem ganhado destaque graças à Geração Z, que cresceu em um mundo digital e valoriza a tecnologia. Por isso, as empresas estão investindo em soluções inovadoras, processos automatizados e ambientes de trabalho tecnologicamente avançados para atrair e reter esses jovens talentos.

“A tecnologia estabelece uma conexão muito importante com o consumidor e nos inspira a desenvolver formas inovadoras de chegar às pessoas. E essa ponte entre marca e cliente se fortalece cada vez mais, impactando na decisão de compra e fidelização. Para os consumidores, criamos novos canais de vendas virtuais: via WhatsApp, via e-commerce e catálogo virtual. Para os nossos consultores, damos treinamentos constantes sobre novas ferramentas tecnológicas e estratégias de conteúdo para as redes sociais, despertando o interesse daqueles que são íntimos desse ambiente. Diariamente, investimos em tecnologia de ponta para auxiliar nossos consultores e consumidores”, complementa a diretora de marketing do Hinode Group.

Estratégias personalizadas ajudam a reter mais clientes

Saber lidar com a diversidade geracional exige algumas habilidades, como uma comunicação sensível e flexibilidade em estratégias de liderança. Para colaboradores, é fundamental que haja um ambiente corporativo que promova a colaboração entre as gerações e evite conflitos. Sabrina Pinho salienta que as lideranças devem entender que pessoas de diferentes gerações possuem relações distintas com o trabalho.

“Analise como e onde cada uma dessas pessoas se encaixa para que as trocas sejam positivas, de modo que o resultado seja uma equipe motivada e com alta performance. Aqui no Hinode Group trabalhamos com todas as gerações, procuramos entender suas dores e assimilamos o que de melhor cada uma delas tem a oferecer. Em nossa UH Corp (Universidade Hinode), temos, por exemplo, o treinamento ‘Como liderar e trabalhar com colegas de perfis diferentes’, que está na missão Trilha da Cultura e Carreira. Ele aborda como podemos olhar para a equipe e entender que as pessoas possuem formas e métodos de trabalho diferentes, reforçando que os perfis e características de cada pessoa são únicos”, orienta.

As empresas que conseguem alinhar seus valores e propósitos com as expectativas de cada geração colhem recompensas importantes: maior engajamento dos funcionários, melhor compreensão do mercado e capacidade de inovação a partir de perspectivas diversas. Com estratégias personalizadas, as organizações estão não apenas se preparando para o futuro, mas também criando ambientes onde todas as gerações podem contribuir de maneira significativa.

Pesquisar
Veja também:
Regulamentação da reforma tributária deverá ser enviada na próxima seman...
Igualdade salarial entre homens e mulheres
Fiesp debate se reforma trabalhista também se aplica a contratos anterio...
Wickbold e integrantes do Mulheres em Movimento colaboram com o Programa...