Assédio moral no trabalho: entenda como compliance pode ajudar no combate

O assédio moral é uma das principais causas de conflito no ambiente corporativo.

Entre as consequências do assédio moral nesse tipo de ambiente estão:

  • Possível condenação por dano moral;
  • Clima organizacional hostil;
  • Repercussão negativa na produtividade;
  • Desenvolvimento de doenças do trabalho;
  • Desvalorização da imagem da empresa.

Combate
A fim de combater esse tipo de situação no ambiente de trabalho, existem ferramentas de compliance trabalhista voltadas para o assunto.

De maneira geral, o compliance é um conjunto estruturado de regras, condutas e procedimentos que buscam contribuir para que uma atividade esteja em conformidade com a legislação e padrões éticos.

Diante disso, para combater o assédio moral, primeiramente, é importante definir os valores a serem seguidos pela empresa e incentivar um ambiente mais respeitoso.

Além disso, ainda é necessário haver mecanismos de controle, que podem ser feitos de diversas formas, por exemplo, um código de conduta claro e amplamente divulgado.

A empresa também pode propor campanhas e treinamentos periódicos que instruam os empregados sobre o que é o assédio moral por meio de exemplos práticos de situações, para que assim possam identificá-los.

Uma outra maneira de combater o assédio moral é manter um canal de comunicação para denúncias de práticas de assédio. O mesmo deve ser de fácil acesso, ágil e técnico na análise de possíveis situações.

Pesquisar
Veja também:
5 passos para melhorar a integração dos departamentos da empresa
IBGE: rendimentos de mulheres em 2023 é 20% menor que o dos homens
Nova Indústria Brasil é instrumento moderno e vai fomentar neoindustrial...
Oportunidade Única: PepsiCo Busca Talentos em Home Office