e@bimapi

Informações relevantes sobre o setor toda quarta-feira
 
 
Logotipo e@bimapi
 
 


O encontro virtual Manhã do Trigo, realizado na última quarta-feira (01), foi transmitido ao vivo pelo canal no Youtube (ABIMAPI Brasil) e plataforma Zoom com mais de 300 participantes presentes. Dedicado a debater o que está por vir no setor moageiro, a programação abordou o panorama do mercado do trigo e a segurança de produtos derivados do grão.

O mercado brasileiro de trigo segue acompanhando o desenvolvimento das lavouras no Rio Grande do Sul, no Paraná e na Argentina. Ao longo de agosto, a maioria das regiões sofreram com a falta de chuvas, que provocou estresse às plantas. Na última semana do mês, a volta das precipitações aliviou as preocupações.

As safras do Paraná e do Rio Grande do Sul devem ser finalizadas com volumes menores do que o estimado inicialmente. Porém, os números ainda devem superar o ano passado e proporcionar uma produção recorde ao brasil neste ano.

Em agosto, os preços do trigo de safra velha subiram em média 3,4% no Paraná, 3,6% no Rio Grande do Sul e 3,5% na Argentina. Para a safra nova, a alta na Argentina foi de 8,92% no período. Os motivos são a pouca oferta, a firmeza do dólar, os problemas climáticos e a quebra na safrinha do milho, que deve aumentar demanda pelo trigo pra ração.

A produção mundial de trigo em 2021/22 deverá totalizar 769,5 milhões de toneladas, contra 775,1 milhões do ano anterior. Segundo o Sistema de Informação do Mercado Agrícola (AMIS), no relatório anterior, a previsão era de 784,7 milhões de toneladas. O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) indica produção global de 776,9 milhões para 2020/21.

Os especialistas destacaram também o aumento do risco de micotoxinas em cereais e leguminosas durante os períodos de entressafra e quais são as principais pragas na cultura do trigo. Nesse período, os produtos agrícolas não se desenvolvem com a mesma resistência, podendo ser atacados por pragas, que espalham esporos de fungos.

Entre os principais insetos que afetam a produção são os corós, lagartas desfolhadoras, percevejo-barriga-verde e pulgões Mesmo que a taxa de parasitismo seja elevada, as viroses transmitidas podem afetar drasticamente a cultura a ponto de ser necessário a utilização de moléculas químicas. Os danos podem ocorrer desde a emergência da plântula. Por isso, monitorar as lavouras de trigo e saber o momento correto de tomar a decisão de controle é fundamental.

O evento foi idealizado e promovido pela ABIMAPI e SIMABESP. Na oportunidade recebemos o Analista de Mercado de Commodities Agrícolas, na Safras & Mercado, Élcio Bento; a especialista em Segurança e Qualidade Alimentar, fundadora da Flavor Food, Juliane Dias Gonçalves; a pesquisadora científica do Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL), Gina Maria Bueno Quirino Cardozo; o Diretor Industrial da Vilma Alimentos, Sérgio Gonçalves e Jorge Lemainski, engenheiro agrônomo e Chefe Geral da Embrapa Trigo.

As apresentações na íntegra estão disponíveis no Portal do Associado ABIMAPI, o Webinar completo pode ser conferido no canal do YouTube ABIMAPI Brasil.

ABIMAPI Entrevista
Na edição de hoje, recebemos Reinaldo Bertagnon, Executivo Comercial da Village, abordando as tendências de consumo em nosso setor e oportunidades para o mercado externo.

 

ABIMAPI Entrevista
Reinaldo Bertagnon, Executivo Comercial da Village, avalia tendências e oportunidades para o setor
 
Notícias
Marketing de relacionamento é desafiado pelo novo perfil do consumidor. Como entrar no jogo?
 
Associados
Ginga associa Panco a momentos de afeto
 
Diretor da M.Dias Branco comenta panorama de vendas
 
 

 
 

 
     
 
Emprego na indústria completa 12 meses seguidos de crescimento Afinal, o planejamento tributário traz mais lucro para as empresas? Home office não tira responsabilidade do empregador em caso de acidentes ou doenças ocupacionais
 
     
     
     
 
Eventos
 
 


 


 


 

 
 
Redes Sociais e Novidades
 
 
A volta do feriado pede uma receita saborosa Pita Bread é a nova associada SIMABESP Lesaffre é a nova associada ABIMAPI