e@bimapi

Informações relevantes sobre o setor toda quarta-feira
 
 
Logotipo e@bimapi
 
 

Home office se firma como tendência no pós-pandemia

Desde março, boa parte dos empreendedores e funcionários têm trabalhado em casa. A quarentena imposta pelo novo coronavírus trouxe diversos desafios e alguns aprendizados para quem não estava acostumado à dinâmica do home office.

De acordo com estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o teletrabalho será possível para 22,7% das ocupações no Brasil. Ou seja: uma a cada cinco profissões no Brasil pode adotar o home office.

A adaptação ao escritório em casa pode se tornar, no futuro breve, mais que uma necessidade, mas uma preferência. Uma pesquisa da ISAE Business School aponta que 80% dos gestores que adotaram o sistema de trabalho a distância afirmam gostar da nova maneira de trabalhar.

Para o “novo normal” o local de trabalho não está mais diretamente vinculado a um endereço específico. As novas tecnologias permitem acessar e-mails, documentos e interagir com equipes de qualquer lugar do mundo. A execução de atividades profissionais em casa não é mais novidade.

Ainda que esse tipo de trabalho tenha várias vantagens, como a redução de custos e a otimização do tempo, ainda é preciso considerar alguns aspectos preocupantes tanto para a empresa quanto para o colaborador.

O funcionário deve ficar atento à sua conduta profissional, mesmo fora das dependências físicas da empresa, pois a falta de supervisão direta tende a tornar os funcionários mais suscetíveis a engajar em atividades não relacionadas ao trabalho ou mesmo incompatíveis com ele. Eleger um ambiente calmo para trabalhar, evitar distrações, como celular ou televisão, ter metas diárias e semanais, são algumas dicas de como manter a produtividade a distância.

Já para as empresas que desejam incentivar e inspirar confiança nos colaboradores durante o período de home office, é importante:

Ter uma gestão transparente - encurte barreiras e faça da sua equipe uma aliada para enfrentar quaisquer situações que possam se tornar um problema.

Manter um espaço para o alinhamento de estratégias - reúna a equipe diariamente (ou semanalmente, de acordo com a necessidade da empresa) a fim de estabelecer discussões saudáveis sobre os rumos do negócio.

Dê feedbacks constantes - fornecer comentários sobre o comportamento do funcionário, sobretudo à distância, é uma forma de estimulá-lo a melhorar.

Nos sites ABIMAPI e SIMABESP disponibilizamos uma cartilha específica abordando "Boas Práticas para Home Office" . O material também está disponível nos Portais do Associado.
 

 
CNI - LGPD - O que sua empresa precisa saber set2020
Sinopse nº 157 - 04 de setembro de 2020
 
Notícias
Omnichannel, personalização e empatia como tendências do pós-pandemia
 
Touchless Retail ganha
força com a pandemia
 
Associados
Cream Cracker Tostadinha é a Novidade da Vitarella
 
Nestlé oferece dinheiro de volta na compra de seus produtos
 

 

 
   
 

 
     
 
Após fim do Renda Brasil, Guedes pode desengavetar o restante da reforma tributária Projeto permite parcelamento de dívidas trabalhistas em até 60 meses Empresa pode voltar a suspender contrato de trabalho ou reduzir salário?
 
     
     
 
Eventos
 
 








 

 
 
Redes Sociais e Novidades
 
 
     
ABIMAPI na mídia: Claudio Zanão, presidente- executivo da Associação comenta como o aumento do câmbio do trigo Entre os 60 formatos de macarrão disponíveis no mercado, o espaguete é o tipo favorito dos brasileiros, alcançando 64% da preferência Com a campanha #comamacarrão, o SIMABESP traz um vídeo estrelado pela queridíssima Ticiane Pinheiro