18OUT

POSICIONAMENTO ABIMAPI



Discussão sobre solicitação de liberação comercial de Trigo Geneticamente Modificado no Brasil.

A Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI), em 14 de outubro, realizou reunião com seus associados onde foram discutidos os impactos da liberação comercial do Trigo Geneticamente Modificado no Brasil.

Entre os principais pontos argumentados está a preocupação do setor com a aceitação do consumidor em relação a produtos elaborados com cultivos transgênicos. Vale ressaltar que a ABIMAPI apoia inovações fundamentadas cientificamente e sempre se posicionou diante das demandas dos consumidores preocupados com a segurança dos alimentos.

Outro item levantado é a apreensão da indústria na rotulagem dos produtos com ingredientes transgênicos, que o Decreto 4680/2003 e a Portaria 2658/2003 regulamentam com a colocação do nome do ingrediente OGM, das espécies doadoras dos genes e do triângulo - símbolo de transgenia.

Diante das questões discutidas, chegou-se ao consenso de não apoiar a liberação comercial do Trigo GM. Solicitada a manifestação de todos os presentes, não houve nenhuma em contrário.

No dia 22 de outubro, às 13h30 a ABIMAPI terá o direito de se pronunciar expondo o posicionamento de não apoiar a liberação comercial de Trigo GM, na audiência pública virtual, convocada pela Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio)

A sessão e sua Programação poderão ser acessadas pelo link:

http://abimapi.com.br/cloud/abimapi_arquivos_tecnicos_01102020.zip

Informações para a imprensa:
ABIMAPI
Mariana Ortiz
comunicacao@abimapi.com.br
(11) 5188-621

Fonte: ABIMAPI | Postado em: 18/10/2020