30MAR

Quais alimentos ajudam a fortalecer o sistema imunológico?



Diante da pandemia do coronavírus, as autoridades e órgãos de saúde estão em alerta máximo. A velocidade da disseminação do Covid-19 chama para a necessidade por medidas de higiene e limpeza de ambientes. Em outro aspecto, surge a atenção com o sistema imunológico, que precisa ser fortalecido, já que responde pela proteção do organismo e pode evitar ataques de vírus e bactérias.

De acordo com Isabela Lorizola, consultora em nutrição da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI), não existe alimento ou nutriente milagroso que evite ou trate a Covid-19. “A solução está em fazer refeições equilibradas, contendo todos os grupos da pirâmide alimentar em porções adequadas, como carboidratos, proteínas e gorduras boas, além das frutas verduras e legumes, que ajuda a fortalecer o organismo e auxilia no bom funcionamento do intestino”.

"É necessário cuidar da qualidade dos alimentos que colocamos na nossa mesa e controlar o estresse, pois um dos hormônios liberado nessas condições é o cortisol que, em desequilíbrio, interfere na qualidade do sono, o que pode resultar na predisposição a contaminações”, ressalta Isabela.

Além disso, a transição da estação do verão para o outono, é a fase mais crítica do ano. Com as fortes variações climáticas que ocorrem durante os meses de março e abril – dias quentes e secos seguidos de quedas bruscas na temperatura – ficamos mais propícios para adquirir gripes, resfriados e alergias respiratórias.

A especialista criou um cardápio específico que, além de fornecer energia, reforça o sistema imunológico e protege o organismo:

Café da manhã
1 copo de chá-verde com gengibre: além de sua ação antioxidante, é fonte de cafeína e possui ação termogênica. Assim, pode auxiliar a acelerar o metabolismo e manter o corpo aquecido.

1 fatia de pão integral com cream cheese: o pão é rico em fibras e ajuda no funcionamento intestinal.


Lanche
½ papaia: contém betacaroteno, que age em prol das células de defesa podendo auxiliar na prevenção de problemas cardiovasculares e colesterol alto.

Almoço
1 prato (sobremesa) de salada de macarrão, rabanete e palmito: opção cheia de vitaminas, minerais e fonte de carboidratos fornecendo energia ao organismo de forma rápida e de maneira equilibrada.

2 colheres (sopa) de feijão preto: grãos são ricos em ferro, o composto que ajuda a hemoglobina, célula do sangue, transportar o oxigênio para todo o corpo.

1 sobrecoxa de frango assada com pimenta biquinho: fornece proteína que contribui para a energia do corpo, formação dos músculos e composição dos ossos.

1 taça de salada de frutas: excelente fonte de vitaminas, minerais e fibras, que são importantes para a saúde, além da fibra auxiliar na regulação do intestino.

Lanche
2 cookies integrais pequenos: contém fibras que garantem mais disposição.


1 iogurte: iogurtes e leites fermentados têm microrganismos que fortalecem o sistema imunológico. Na versão “natural” é rico em cálcio e lactobacilos, que também ajudam a melhorar a flora intestinal.

 

Jantar
1 copo de suco de limão ou laranja: estas frutas são clássicas no reforço à imunidade, graças à alta concentração de vitamina C, que aumenta a produção de glóbulos brancos, células que fazem parte do sistema imunológico e que auxiliam no combate de doenças, como a gripe.


1 prato de sopa de macarrão padre-nosso, legumes e músculo: a receita tem carboidrato, nutriente que colabora para o bem-estar e fornece energia.


1 taça de gelatina de morango: a gelatina possui compostos orgânicos, como o cobre, selênio e fósforo, componentes ótimos para estimular o sistema imunológico e diminuir os distúrbios do sono.

Ceia (2 horas antes de ir dormir)
1 fatia fina de bolo integral de banana: uma opção que favorece o sono por conter triptofano, substância que tem poder sedativo.

 

____

Informações para imprensa:

ABIMAPI

Mariana Ortiz
(11) 5188-6210
comunicacao@abimapi.com.br

Fonte: ABIMAPI | Postado em: 30/03/2020