Uma refeição, uma paixão

Prova de que Massa é Bom para Você

Welcome to the first issue of The Truth About Pasta, the new monthly newsletter from the International Pasta Organization. Each month's newsletter will feature a new and different topic -- all pointing to The Truth About Pasta. The truth is......pasta is healthy, sustainable, convenient, delicious, affordable, doesn't make you fat, and much, much more. This month's focus is on health. Be sure to look for each new issue, with new topics and information. Join our Mailing List. 

 

Prova de que a massa faz bem para você

Especialistas em nutrição e saúde em todo o mundo reconhecem que carboidratos, como todos os macronutrientes, são essenciais para uma dieta saudável, mas que nem todos os carboidratos são criados da mesma forma. A massa, prato central de tradições alimentares culturais saudáveis no mundo (inclusive a bastante elogiada Dieta Mediterrânea), é um desses carboidratos de alta qualidade.
  
Trinta anos atrás, quando o conceito de Índice Glicêmico era novo, cientistas notaram rapidamente que a massa era de alguma forma diferente, com impacto mais baixo na glicemia. Como a massa tem um baixo Índice Glicêmico, o corpo a digere mais devagar do que muitos outros carboidratos, para uma fonte de energia mais constante e sustentável. Não é de se surpreender, então, que um jantar a base de massa é um ritual clássico antes de corridas para muitos atletas! Além disso, cientistas descobriram que a ingestão de massa produz uma baixa resposta glicêmica, não apenas naquela refeição, mas também na refeição seguinte, em um fenômeno denominado “conceito da segunda refeição”. Essa digestão lenta é boa tanto para a saúde como para o peso!
  
É claro que nenhum alimento pode ser considerado um salvador ou vilão da dieta, uma vez que a nutrição é determinada pela dieta total. No entanto, como a massa combina bem com outros alimentos saudáveis, inclusive verduras e azeite de oliva, refeições a base de massa são uma solução fácil para aqueles que buscam se alimentar de forma mais saudável. Os cientistas concordam. Em 2010, pesquisadores de nutrição de quatro continentes se reuniram para discutir massa e saúde, e concluíram que a massa é de fato um carboidrato saudável e um ingrediente importante de dietas tradicionais em todo o mundo. (Mais informações aqui).

 

 

Os Especialistas Dizem...

Muitos cientistas concordam que a massa não só é um condutor delicioso de ingredientes nutritivos, mas que também é um alimento básico saudável por si só.


De acordo com o especialista em diabetes Gabriele Riccardi, MD, da Universidade de Nápoles Federico II, a massa é “especialmente útil para pacientes diabéticos ou pessoas que têm problemas de peso”, e também é “capaz de melhorar a sensibilidade à insulina”. Por esse motivo, Dr. Riccardi explica que “você pode ter refeições bastante saudáveis e nutritivas, mas também refeições bastante atraentes com massa, porque a massa não é especialmente densa do ponto de vista de energia.”  Dr. Riccardi explica que, “na tradição mediterrânea, a massa é sempre combinada com tomates, com uma pequena quantidade de azeite de oliva, com verduras, legumes, peixe, e, se contiver carne ou queijo, eles são utilizados em pequenas quantias”.

Da mesma forma, Marta Garaulet Aza, PhD, DrPH da Universidade de Murcia e da Garaulet Clinics em Murcia, na Espanha, diz: “a Dieta Mediterrânea é a melhor opção para um bom controle glicêmico". Dra. Garaulet Aza explica que a massa e outros carboidratos, base da Dieta Mediterrânea, são “capazes de estimular sua própria termogênese, de forma que gastam parte das suas calorias no seu próprio metabolismo."

Como esses cientistas podem atestar, a massa é prova do crescente conhecimento de que boa saúde e bons alimentos caminham sempre lado a lado!

As Mães Dizem...

Janice Newell Bissex e Liz Weiss são nutricionistas registradas e The Meal Makeover Moms (As Mães Transformadoras de Refeições).  Elas dizem: “a massa é a base para inúmeras refeições e lanches que agradam toda a família em nossas casas. Adoramos salada de macarrão no almoço e frequentemente fazemos uso dela ao preparar o lanche que nossos filhos levam para a escola. Pensamos imediatamente em Salada de Macarrão Gravata com Manjericão, feito com macarrão gravata integral, pimentão vermelho, frango cozido, ervilha, queijo feta, manjericão fresco e molho italiano para salada”. Para o jantar, a família de Janice adora tortellini com brócolis, pinhão e queijo parmesão ralado; a família de Liz não enjoa do seu Mama's Amazing Ziti (Maravilhoso Ziti da Mama)." Crédito:  Pastafits.org

 

Continuando a Tradição

A massa (que antecede a viagem de Marco Polo da China) é há muito tempo utilizada como o sistema perfeito de entrega para tornar verduras da época e carne ou queijo disponíveis em uma refeição deliciosa e satisfatória. É também um componente vital da dieta mediterrânea, um padrão de alimentação amplamente reconhecido por seu papel na prevenção de doenças por várias organizações e recursos de nutrição dignos de crédito. Nossos ancestrais saudáveis sabiam o suficiente para não serem “carbofóbicos.”

Alimentos de grãos, como a massa, são o centro de dietas tradicionais por milênios, uma vez que são o pano de fundo ideal para muitos ingredientes nutritivos. Na verdade, a massa está relacionada a um consumo maior de verduras. Nos anos 1950, período em que os países mediterrâneos (como a Grécia) estavam sendo estudados quanto à sua baixa incidência de doenças, descobriu-se que as Dietas Mediterrâneas se baseiam muito mais em grãos do que a dieta dos Estados Unidos, sendo a massa uma opção popular. Mais uma razão para preparar hoje uma refeição deliciosa e nutritiva com massa!

Receita do Mês

Sopa com Massa, Feijão e Verduras
Esta sopa é muito substanciosa e completa, com muita massa, feijão e verduras. Você pode usar as verduras que quiser, ou tentar feijão vermelho em vez de feijão branco. Massa de formato pequeno, como ave maria ou corneto caem bem nessa sopa.

Ingredientes:
2 colheres de sopa de azeite de oliva extravirgem
56g (cerca de 3 fatias) de pancetta, picada
2 ramos frescos de alecrim
1 ramo fresco de tomilho
2 folhas secas de louro
1 cebola média, bem picada
1 cenoura pequena, bem picada
1 talo de salsão, bem picado
4 dentes de alho grandes, espremidos
Sal grosso e pimenta
2 latas de 375g de feijão branco
1 xícara de molho de tomate em lata ou tomate amassado em lata
2 xícaras de água
0,950 litros de caldo de galinha com baixo teor de sódio
150g de ave maria ou outra massa pequena
Queijo parmesão ou romano ralado para servir

Modo de fazer:

  1. Aqueça uma panela em fogo médio e acrescente o azeite e a pancetta. Doure levemente a pancetta, acrescente os talos das ervas, folha de louro, verduras picadas e o alho. Tempere com sal e pimenta. Acrescente os feijões, molho de tomate, água e caldo na panela e aumente para fogo alto.
  2. Leve a sopa a uma rápida fervura e acrescente a massa. Diminua o fogo para médio e cozinhe a sopa, mexendo ocasionalmente de 6 a 8 minutos ou até que a massa esteja al dente. As folhas de alecrim e de salsão irão se separar dos talos conforme a sopa cozinha – apenas retire os talos e a folha de louro da sopa após desligar o fogo.
  3. Deixe a sopa descansar e esfriar por uns minutos. Sirva em pratos fundos com queijo em cima.

Análise Nutricional:
Por porção: Calorias: 278, Proteína: 12 gramas, Gordura: 8 gramas, Gordura Saturada: 2 gramas, Carboidratos: 42 gramas, Fibra: 7 gramas, Sódio: 389 gramas.

Rendimento: 8 porções