e@bimapi

 
Logotipo e@bimapi
 
   



 
Palavra do Presidente
   
 
Portal do Associado
Projeto Dê a mão para o futuro - Relatório JAN2017
IN 129 de 11.01.2017
Acesse agora
 
Notícias
Como driblar o desejo insaciável e além do necessário de comer
 
Informação sobre glúten em rótulos é suficiente, diz STJ
 
Associados
Pullman lança o Pão Artesano
 


Como se reinventar diante dos novos modelos de consumo

Acompanhar o desempenho do setor e o movimento das vendas das categorias que representamos é uma das prioridades da ABIMAPI. Sabemos que para alcançar melhores resultados, é necessário conhecer quem é o consumidor, sua frequência de compra, preferências e necessidades, e algumas outras questões que auxiliam na busca de oportunidades para o crescimento.

Diante do desenvolvimento tecnológico e da atual conjuntura econômica do País, vimos surgir um modelo de consumo mais retraído, informado e exigente. As pessoas estão hiperconectadas em um mundo virtual repleto de possibilidades. As mudanças de hábitos e comportamentos são constantes e ganham força com o poder do compartilhamento por meio das redes sociais.

Neste sentido, a indústria alimentícia precisa se reinventar, tomando como ponto de partida não apenas os resultados apontados por pesquisas de satisfação. Até porque, muitas vezes as pessoas respondem aquilo que é politicamente correto, e não o que realmente desejam ou esperam. Hoje, a internet oferece ferramentas que nos possibilitam enxerga-las de perto, afinal, seus atos valem mais do que as palavras.

Percebemos que esta nova geração nos trouxe diversos desafios e está cada vez mais atenta a questões que envolvem saudabilidade e responsabilidade social e ambiental. A população fiscaliza, cobra e se importa com o que é produzido, levando em conta todo o processo de fabricação. Neste cenário, não podemos ficar como coadjuvantes. É nosso dever participar mais de perto e promover debates, aproveitando o alcance das redes para quebrar paradigmas e reforçar conceitos e informações de qualidade. Sabemos que este é um meio de comunicação propício para críticas, que não podemos ignorar ou tratar de modo impessoal. Pelo contrário, estas são as chances que precisamos para nos aproximar e estreitar relacionamento com nosso público-alvo, mostrando que levamos em consideração também as opiniões divergentes.

Nós, da ABIMAPI, acreditamos que quanto maior o engajamento online, melhor será o relacionamento com os consumidores finais e os influenciadores de opinião. O trabalho que realizamos na fanpage ABIMAPI Brasil e nos perfis no Instagram e Pinterest alcançam mais de 500 mil pessoas. Atualmente, cerca de 24 mil fãs nos seguem nestas plataformas, contribuem com a propagação dos atributos dos biscoitos, das massas alimentícias e dos pães e bolos industrializados, e reforçam a imagem da associação como interlocutora do setor.

Vale a reflexão de cada um para fomentarmos mais discussões sobre as tendências de consumo e o papel da indústria perante a sociedade moderna.

 
   
         
   
Notícias sindicais - SIMABESP
   
   
Campanha de vacinação
contra a gripe - 2017
Indústria sugere aperfeiçoamento
da renegociação de dívidas fiscais
SENAI é o principal parceiro da indústria brasileira há 75 anos
   
         
   
Facebook
   
   
São Paulo completou na semana
que passou 463 anos
Frutas vermelhas, quinoa e pão integral: o que eles têm em comum? Achou? Não demora muito
senão alguém vai comê-lo, hein!