e@bimapi

 
Logotipo e@bimapi
 
  aaaa aaaa  
Palavra do Presidente
   
Notícias
   
Imagem release ABIMAPI
O segredo da dieta: comer sem culpa, mas com equilíbrio
 
Imagem ruptura nas gôndolas chega
Ruptura nas gôndolas chega
a 11,16% em março
 
Imagem prévia da inflação
Prévia da inflação de maio é a maior em 20 anos para o mês
 
Associados
Imagem Tucs Tucs
Tuc’s tem nova embalagem e produto integral
 
Imagem Vilma e Krokero
Unidos pela mesma paixão
 


Dia da Indústria propõe reflexão sobre como podemos contribuir para o avanço do País

 

Em 1930, a revolução industrial brasileira representou um grande avanço para o Brasil. O governo incentivou o desenvolvimento do setor no país, que influenciou desde a estrutura do sistema fabril até os modos de vida da população. Isto, porque, a dinâmica das indústrias já era pautada pelas necessidades de consumo.

No ano de 1958, o presidente da República Juscelino Kubitschek assinou o decreto 43.769 que instituiu o 25 de maio como o Dia da Indústria, em homenagem ao empresário Roberto Simonsen, considerado patrono da indústria brasileira.

É essencial relacionarmos a importância da data e o histórico industrial brasileiro como reflexão para o atual cenário e os rumos político-econômicos do País, visto que a indústria tem sentido os maiores efeitos da crise. De todo modo, alguns setores, como o de alimentos e bebidas, são os menos impactados e um dos que mais podem contribuir neste momento para o crescimento da economia.

Na ABIMAPI, as 94 empresas associadas, compostas por indústrias tradicionais e seculares, detêm cerca de 75% do mercado e geram mais de 100 mil empregos diretos. Só no Brasil, respondem por um terço do consumo nacional de farinha de trigo.

Em 2015, as categorias por nós representadas registraram juntas crescimento de 5,4% no faturamento em relação a 2014, atingindo R$ 35,4 bilhões. Esta alta foi impulsionada principalmente pelos biscoitos (7,1%), com faturamentos de R$ 21 bilhões, seguidos pelos pães e bolos (3,4%), com R$ 6 bilhões, e massas alimentícias (2,8%), com R$ 8,3 bilhões.

Nosso parque fabril conta com equipamentos de última geração e é um dos mais modernos do mundo. Hoje, nos orgulhamos em saber que os produtos brasileiros são reconhecidos mundialmente pela sua qualidade e inovação.

Vemos que há boas perspectivas para o segmento industrial que fazemos parte, tanto pelo mercado interno, quanto pelo setor externo.

A promoção da exportação dos produtos nacionais, que incentivamos por meio do projeto setorial ABIMAPI Brasil Export, em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), também contribui para o desenvolvimento do País, pois orienta as empresas a se modernizarem para a conquista de novos destinos e o reforço das suas posições no mercado nacional, além de contribuir para geração de emprego e renda.


 
       
 
 
Destaques do Portal
 
  Imagem Portal do Associado  
     
 
Eventos
 
  Imagem 15º Congresso Internacional ABIMAPI

Imagem Evento Nilsen

Imagem Evento Dynamic Air
 
     
 
Você viu? Clique nos posts abaixo e confira
 
         
 
Imagem Capitais do Brasil Facebook
Uma homenagem da ABIMAPI para a capital do Estado de Tocantins
 
Imagem receita Torta holandesa
Impossível resistir a esta torta holandesa! É maravilhosa!
 
         
 
ETC, nossos produtos na mídia
 
 
Imagem Etc
Por que se deve cozinhar macarrão em água que já está fervendo?

Se, em vez de pôr o macarrão cru em água fervente, você colocá-lo “numa fria”, várias substâncias contidas no alimento vão dissolver. A massa das pastas têm alta concentração de substâncias, como os sais minerais, que se dissolveriam na água fria. Além disso, existe a possibilidade de o macarrão grudar, por estar cozinhando lentamente. Quando colocamos o macarrão em água fervente, ao contrário, o amido da superfície do macarrão vai se gelatinizar imediatamente, conservando os nutrientes que ele contém. Ao mesmo tempo, é possível controlar melhor o tempo de cozimento, para que o macarrão não amoleça demais. Você vai poder comer um delicioso macarrão e, ao mesmo tempo, ter uma alimentação saudável.

Fonte: SuperInteressante