Notícias

Carnaval é energia

Esse ano o carnaval acontece só no dia 28 de fevereiro, mas o clima de festa já está tomando o país. Bloquinhos de rua estão cada vez mais populares, ensaio das escolas de samba e trios elétricos estão entre as opções favoritas dos foliões.

Com tantos eventos, é preciso saber equilibrar os momentos festivos com estilo de vida saudável. Boa hidratação, descanso e alimentação adequada são pontos importantes para garantir energia do começo ao fim e afastar o risco de situações desagradáveis como mal estar, desidratação e até mesmo a ressaca, que podem prejudicar a diversão.   

A alimentação pode precisar de reforços, afinal no carnaval ninguém quer ficar parado e o gasto de energia aumenta, devido às atividades físicas como dançar e pular atrás do trio elétrico. Para se ter uma ideia, em uma hora de samba intenso é possível gastar cerca de 700 kcal*! Duas horas pulando atrás do trio mandam embora cerca de 1120 kcal*. Haja energia!

Por isso, o consumo de alimentos fontes de carboidratos, como pães, massas, biscoitos e cereais é muito importante, já que é a principal fonte de energia do corpo. A dica é não sair de casa sem fazer uma refeição completa entre uma hora e meia e duas horas antes da festa, para dar tempo de finalizar a digestão e não haver desconforto.

Se a festa começar cedo, com previsão de durar o dia, invista em um café da manhã reforçado, como um sanduiche frio de pão integral com queijo branco, tomate e orégano acompanhado de suco verde refrescante (couve, limão, gengibre e maçã). Caso o tempo para a refeição seja curto, a sugestão é consumir algumas unidades de biscoito integral, um iogurte líquido pronto para beber e uma fruta.

Se a folia for à tarde ou à noite invista em um almoço ou jantar com ingredientes que fornecem energia e facilitem a digestão. Salada de macarrão com atum e cenoura ou macarrão ao molho bolonhesa são boas opções.  Nesse momento evite excesso de gorduras, pois  pode prejudicar a digestão e trazer sensação de preguiça e sono, tudo que precisa ser evitado no carnaval.

A hidratação também é um ponto importante, beba bastante água e se preferir alterne com água de coco e chás gelados. Para quem for consumir álcool, alterne os drinks ou cerveja com água. Dessa forma evita-se a desidratação, um perigo considerando a combinação álcool e calor. Isso também reduz a chance da ressaca, sensação que pode atrapalhar os dias seguidos de folia.

Por fim, procure descansar entre uma festa e outra para dar um tempo para recuperação do corpo. No dia seguinte da folia, tenha uma alimentação leve e invista em alimentos que contribuem para o bom funcionamento do fígado, como vegetais da família das brássicas (brócolis, couve-flor, couve, nabo, rabanete), temperos com ação anti-inflamatórios, como gengibre e cúrcuma, e capriche na hidratação com água. Assim é possível para recuperar a energia e disposição e ficar preparado para o “verdadeiro início do ano”, que começa após o Carnaval.  

*Cálculo com base em uma individuo padrão de 70kg, com base no compêndio de atividade física, 2011.

 

Fonte: ABIMAPI